entendendo-a-mesa-de-som-4-controles-de-volume

O Entendendo a Mesa de Som desta semana, vai explicar um pouco sobre como usar de maneira mais eficiente os controles de volume da mesa, que basicamente se concentram no uso dos faders e dos auxiliares, mas algumas configurações são importantes para permitir um manuseio melhor do equipamento.


Para usar o fader não há segredo. Ele age em cada canal separadamente, aumentando ou diminuindo o volume de acordo com a posição dele (quanto mais para cima, mais volume). Da mesma forma agem os auxiliares, porém a diferença é que o fader é usado para o som principal (como o PA no caso de uma apresentação ao Vivo) e eles, como o nome já diz, para auxiliar, como por exemplo, nos monitores de retorno.

Porém, algumas mesas possuem muitos canais e controlar cada um separadamente seria um verdadeiro desafio, por isso, é comum encontrar nas mesas com 24 canais ou mais o uso dos subgrupos. De forma simplificada, podemos dizer que os subgrupos tem o papel de separar os canais da mesa em pequenos grupos que podem ser controlados de forma independente.

Uma das funções dos subgrupos é poder direcionar a saída dos canais. Imagine uma situação hipotética em que uma loja possui vários ambientes e cada ambiente possui uma sonorização específica. Usando os subgrupos, é possível enviar de apenas uma central, a sonorização desejada para cada ambiente. Outra função, muito usada para apresentações ao vivo é usar os subgrupos para agrupar naipes de vozes ou instrumentos semelhantes. Em um coral, por exemplo, geralmente tem-se 4 grupos de vozes (soprano, contralto, tenor e baixo), com os subgrupos podemos agrupar todos os canais com o mesmo naipe de voz e atuar sobre ele de maneira conjunta.

Para usar melhor as configurações de volume da mesa de som, é preciso entender como usar o pré-fader e o pós-fader. Ambos são auxiliares da mesa, mas com funções contrárias. Imagine novamente uma situação em que o músico precisa aumentar o volume do seu instrumento nos monitores de retorno, com o auxiliar pré, é possível atuar sobre o volume do canal específico sem modificar o som de frente que a plateia está ouvindo. O pós, por sua vez, tem a sua atuação atrelada ao fader que manda o som de frente e por isso normalmente são usados como módulos de efeitos, sendo por muitas vezes identificados na mesa como "Aux Eff".

Este foi o último estudo da série Entendendo a Mesa de Som. Caso ainda reste alguma dúvida, você pode entrar em contato com a equipe do Portal Serenata através dos comentários abaixo, ou através do nosso e-mail: blog@portalserenata.com.br

Leia também: Entendendo a Mesa de Som 3 - Efeitos